Imprimir
RJ: servidores estaduais unificam o movimento e organizam grande manifestação na Alerj

22/01/2016

Todos os servidores estaduais do Rio de Janeiro estão se mobilizando para participar de uma grande manifestação, no próximo dia 03, a partir das 15 horas, em frente à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). A atividade foi deliberada em plenária do Movimento Unificado dos Servidores Públicos Estaduais (Muspe), na noite desta quinta-feira (21), na sede do SinMed/RJ.
 

Diversas categorias, que se encontram em estado de greve, participaram do encontro para organizar o ato e definir a pauta de reivindicações. O manifestação do dia 03 contará, inclusive, com caravanas de servidores do interior do estado.
“Não temos outra opção a não ser a unificação deste movimento”, declarou o presidente do SinMed/RJ, Jorge Darze, que presidiu a plenária, ao lado da coordenadora geral do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (SEPE-RJ), Marta Moraes, e da representante da Associação dos Docentes da UERJ, Maria Luiza.
 

A presidente da Associação dos Funcionários do Rocha Faria, Clara Fonseca, parabenizou o SinMed/RJ pela defesa da classe médica feita nos comentários com a imprensa, sobre o Núcleo de Atenção e Promoção à Saúde do Servidor (Nuaps). A servidora informou ainda que o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, proibiu a permanência de associações de funcionários nas unidades.
 

Os funcionários técnicos administrativos da UERJ vão realizar, todo mês, uma paralisação, no primeiro dia útil, até o dia do pagamento dos salários. A iniciativa é um repúdio à mudança no calendário de pagamento dos servidores estaduais – os inativos recebiam no primeiro dia útil e os ativos no segundo. Em dezembro, o governo do estado publicou novo calendário, passando o pagamento de todos os servidores estaduais para o sétimo dia útil do mês.
 

De acordo com outra diretora do SEPE-RJ, Isabel Costa, na manifestação do dia 03, os servidores vão solicitar aos deputados estaduais a auditoria das dívidas públicas.
 

No próximo dia 27, às 10 horas, os servidores do Hospital Estadual Albert Schweitzer farão uma manifestação contra a municipalização e privatização da unidade. A próxima plenária do Muspe será realizada no dia 28/01, às 17 horas, no auditório da UERJ.

Fonte: SinMed/RJ